Vídeo de divulgação da História e o Espiritismo

.

.

Seja bem vindo

Seja bem vindo

Mapa

free counters

Total de visualizações de página

Seguidores

SISIFO E A ASTÚCIA ( A Luz da Doutrina Espírita)

26 de abr de 2010

"LIVRO DOS ESPIRITOS QUESTAO 919-
Kardec interroga: Qual o meio mais prático e mais eficaz para se melhorar nesta vida, e resistir aos arrastamentos do mal?
Resposta dos Espiritos Venerandos:
- Um sábio da antiguidade vos disse: Conhece-te a ti mesmo. ( socrátes)."

Comentários Luciano:
Hodiernamente, a mitologia grega vem servindo de inspiração para inúmeros estudos psicológicos, pois, através dela, os estudiosos estão utilizando os mitos de forma simbólica, comparando e identificando os personagens com as criaturas humanas e seus problemas comportamentais.
Nesse ínterim, a lenda de Sísifo vem mostrar, de forma clara, alguns pontos da imaturidade humana.
O primeiro observado é a astúcia, a capacidade da criatura humana de enganar, ludibriar o próximo, tirando vantagem da situação que vivência, tentando eliminar suas provas e suas responsabilidades perante o meio social e ao próximo, infringindo as Leis Divinas e até mesmo as Leis Civis, ele busca equacionar seus problemas de forma leviana, com intuito de tirar vantagem e sair ileso diante de atos irresponsáveis que ele cometerá.
Conforme assevera os Espíritos Venerandos, a única forma de corrigir uma falta é cumprindo a Lei da Justiça Divina, que é imutável, suprema, igualitária e justa para todas as criaturas.
O cumprimento de tal Lei tem o objetivo da reparação do mal cometido a alguém, ou a uma coletividade, mas o processo desta reparação é sistemático, passando por alguns estágios anteriores como: Faz mister que o indivíduo tome consciência da má ação cometida, que isso toque em seu íntimo, ao ponto dele sentir remorso, desencadeando o arrependimento que trará até certo desconforto. Dando continuidade ao processo, ele buscará de uma forma humana, sensata, prudente, reparar esse equívoco cometido por ele com intuito de encontrar a paz de espírito (consciência tranquila). Geralmente, todo esse processo traz para o individuo frustrações, amarguras, vergonhas, humilhação e dor moral, cuja é necessária para que o individuo não seja arrastado ao mesmo erro e iniqüidades, o que fortalece sua fé em Deus, o levando a rogar sempre pela não reincidência desta falta.
O individuo talvez não consiga resgatar o seu débito, em uma reencarnação, devido a sua falta de maturidade, pelo motivo de ainda estar em um estágio de consciência embrionário do processo evolutivo. Apesar de ser filho de nosso Pai Maior, às vezes podem faltar-lhe forças interiores, resignação, para passar a prova e se for dotado de uma fé cega dificultaria o ser a ter bom ânimo, e diante de todo processo quando ele chegar ao ápice das provaçoes, possivelmente ele fracassará e cairá no precipício das trevas interiores, por falta de uma fé raciocinada.
Como somos espíritos seculares, o ser equivocado tem toda sua eternidade para começar a galgar a evolução e enfrentar seus problemas frente a frente. Mesmo que a Deusa Tânato (a morte) ceifar sua vida , quando estiver desencarnado no Plano Espiritual (mesmo que sejam nas terras de Hades, umbrais da consciência), terá oportunidade de refletir perante as faltas cometidas, colocará na balança da VIDA, os pós e contras do que fez em sua jornada existencial, daí começa a grande maravilha do Ser, que sai da fase do período “Pré Mágico", para o período de aprendizado e crescimento.
Até mesmo na erraticidade (na vida pós morte), começará o seu questionamento e os porquês de tantas coisas que deveria ter evitado e não evitou, sentindo em seu intimo a necessidade de ser melhor a cada dia e começar a preparar exaustivamente por mais uma etapa de vida, para desta vez conseguir passar no Educandário da Vida, na Escola chamada Planeta Terra.
O espírito em auto descobrimento irá aprender juntamente com seus espíritos tutelares a melhor forma de enfrentar as provas de frente e aprender discernir o Joio do Trigo, será amparado com palavras de amor, bondade, de fortalecimento, que irão lhe auxiliar na sua preparação para mais uma nova jornada física e todo entusiasmado ele crê que conseguirá resgatar seus débitos tenebrosos de passados escabrosos. Ele será orientado pelos seus mentores que conquiste a serenidade e tranqüilidade, porque Deus o perdoará diante de suas faltas, concedendo-o a Dádiva da Reencarnação como instrumento benéfico de correção, para que consiga deixar de lado o HOMEM VELHO Sísifo para transformá-lo no HOMEM NOVO, um espírito condenado a Perfeição.
Autor: Luciano Oliveira

0 comentários:

Postar um comentário

Leia com atenção

Leia com atenção

Nota de esclarecimento

As imagens contidas neste blog, são retiradas do banco de imagens da rede web.
Agradeço a todos que compartilham na rede tais imagens e até mesmo textos.
Caso haja algum problema de utilização em meu blog de algum material de sua autoria, entre em contato para que eu proceda a retirada.
Luciano Dudu