Vídeo de divulgação da História e o Espiritismo

.

.

Seja bem vindo

Seja bem vindo

Mapa

free counters

Total de visualizações de página

Seguidores

SESSÕES MEDIÚNICAS - ANDRÉ LUIZ

21 de ago de 2010



Amigo Leitor eu retirei esse material de um livro muito instrutivo e de fácil leitura , chamado "Instruções Psicofônicas, no item quarenta e seis o título  é sobre "Sessão Mediúnica".
Vamos ler atentamente sobre a instrução dada pelo benfeitor  André Luiz e refletiremos sobre o papel de cada participante de uma reunião mediunica.
Boa Leitura e reflexão

LUCIANO DUDU


Instrução Psicofônica - item 46 SESSÃO MEDIÚNICA
 
Na noite de 27 de janeiro de 1955, finda a laboriosa tarefa de socorro aos irmãos desencarnados em sofrimento, o nosso amigo espiritual André Luiz compareceu e ofertou-nos os interessantes apontamentos para a condução de sessões mediúnicas, que passamos a transcrever.Amigos, cooperando, de algum modo, em nossas tarefas, registraremos hoje algumas notas, que supomos de real interesse para as nossas sessões mediúnicas habituais.

1º — Acenda a luz do amor e da oração no próprio espírito se você deseja ser útil aos sofredores desencarnados. 

2º — Receba a visita do companheiro extraviado nas sombras, nele abraçando com sinceridade um irmão do caminho.
 
3º — Não exponha as chagas do comunicante infeliz à curiosidade pública, auxiliando-o em ambiente privado como se você estivesse socorrendo um parente enfermo na intimidade do próprio lar.
 
4º — Não condene, nem se encolerize.

5º — Não critique, nem fira.

6º — Não fale da morte ao Espírito que a desconhece, clareando-lhe a estrada com paciência, para que ele descubra a realidade por si próprio.

7º — Converse com precisão e carinho, substituindo as preciosas divagações e os longos discursos pelo sentimento de pura fraternidade.

8º — Coopere com o doutrinador e com o médium, endereçando-lhes pensamentos e vibrações de auxílio, compreensão e simpatia, sem reclamar deles soluções milagrosas.

9º — Não olvide, a distância, o equilíbrio, a paz e a alegria, a fim de que o irmão sofredor encontre o equilíbrio, a paz e a alegria em você.

10º — Não se esqueça de que toda visita espiritual é muito importante, recordando que, no socorro prestado por nós a quem sofre, estamos recebendo da vida o socorro que nos é necessário, a erguer-se em nós por ensinamento valioso, que devemos assimilar, na regeneração ou na elevação de nosso próprio destino. 
André Luiz
 

Retirando-se André Luiz, o nosso companheiro José Xavier controlou as faculdades do médium e anunciou-nos a presença do poeta Cruz e Souza, recomendando-nos alguns instantes de oração e silêncio. Com efeito, como de outras vezes, alterou-se a expressão mediúnica e, daí a momentos, o novo visitante declamou em voz alta e firme:
 
AO VIAJANTE DA FÉ 
Vara o trilho espinhoso, estreito e duro,
 
E embora te magoe o peito aflito,
 
Torturado na sede do Infinito,
 
Guarda contigo o amor sublime e puro.
 
Martirizado, exânime e inseguro,
 
Ninguém perceba a angústia de teu grito.
 
Sangrem-te os pés nos serros de granito,
 
Segue, antevendo a glória do futuro.
 
Lembra o Cristo da Luz, grande e sozinho,
 
E, entre as sarças e as pedras do caminho,
 
Sobe, olvidando o báratro medonho...
 
Somente sobe ao Céu ilimitado
 
Quem traz consigo, exangue e torturado,
 
O próprio coração na cruz do sonho.
 
Cruz e Souza

Fonte: Item 46 do Livro Instruções Piscofônicas -  Francisco Cândido Xavier ditado por Espiritos diversos, imagem (google)

0 comentários:

Postar um comentário

Leia com atenção

Leia com atenção

Nota de esclarecimento

As imagens contidas neste blog, são retiradas do banco de imagens da rede web.
Agradeço a todos que compartilham na rede tais imagens e até mesmo textos.
Caso haja algum problema de utilização em meu blog de algum material de sua autoria, entre em contato para que eu proceda a retirada.
Luciano Dudu