Vídeo de divulgação da História e o Espiritismo

.

.

Seja bem vindo

Seja bem vindo

Mapa

free counters

Total de visualizações de página

Seguidores

FELIZ 2012 POR LUCIANO DUDU

30 de dez de 2011



 Amigo leitor, eu quero agradecer a você, por acompanhar o nosso trabalho neste ano de 2011. 
Durante este ano tivemos a oportunidade de estudar um pouco mais sobre a História do Espiritismo, e fatos ocorridos na época em que viveu Allan Kardec. 
Rogamos a Deus que nos conceda a oportunidade no ano vindouro de 2012, de retornarmos sempre neste cantinho de estudo, trazendo a todos nós mais conhecimento a luz da Doutrina dos Espíritos.
E que o Pai Maior traga bom ânimo, para dar continuidade a este trabalho; narrando fatos que explicam como foi codificado a Doutrina dos Espíritos.
Que possamos ser inspirados e conduzidos para sempre trazer a este espaço estudo sério, rico aprendizado, voltado a pureza doutrinaria.
E que possamos permanecer juntos neste cantinho do Historia e Espiritismo, estudando um pouco mais sobre a magnífica história do Consolador Prometido. 
Agradeço a Deus as belas amizades que conquistamos no decorrer deste ano através de nosso simples trabalho e que elas permaneçam pela eternidade.
Que Nosso Senhor Jesus Cristo possa sempre levar a todos vocês meus amigos leitores e também a todos os seus afeiçoados, muita paz , saúde, fé, discernimento,esperança , amor e prosperidade. 

São os votos de Luciano Dudu. 



CARTA DE ANO NOVO 
DITADA PELO ESPIRITO EMMANUEL




Ano Novo é também renovação de nossa oportunidade de aprender, trabalhar e servir. 
O tempo, como paternal amigo, como que se reencarna no corpo do calendário, descerrando-nos horizontes mais claros para a necessária ascensão. 
Lembra-te de que o ano em retorno é novo dia a convocar-te para execução de velhas promessas, que ainda não tiveste a coragem de cumprir. 
Se tens inimigo, faze das horas renascer-te o caminho da reconciliação. 
Se foste ofendido, perdoa, a fim de que o amor te clareie a estrada para frente. 
Se descansaste em demasia, volve ao arado de tuas obrigações e planta o bem com destemor para a colheita do porvir. 
Se a tristeza te requisita, esquece-a e procura a alegria serena da consciência feliz no dever bem cumprido. 
Novo Ano! Novo Dia! 
Sorri para os que te feriram e busca harmonia com aqueles que te não entenderam até agora. 
Recorda que há mais ignorância que maldade, em torno de teu destino. 
Não maldigas, nem condenes. 
Auxilia a acender alguma luz para quem passa ao teu lado, na inquietude da escuridão. 
Não te desanimes, nem te desconsoles. 
Cultiva o bom ânimo com os que te visitam, dominados pelo frio do desencanto ou da indiferença. 
Não te esqueças de que Jesus jamais se desespera conosco e, como que oculto ao nosso lado, paciente e bondoso, repete-nos de hora a hora: 
- Ama e auxilia sempre. 
Ajuda aos outros, amparando a ti mesmo, porque se o dia volta amanhã, eu estou contigo, esperando pela doce alegria da porta aberta de teu coração. 

Ditado pelo espírito Emmanuel 

Fonte : do Livro Vida e Caminho - Francisco Cândido Xavier 

2 comentários:

Angela Fonseca disse...

Prezado Luciano Dudu, uma das ótimas coisas que me aconteceram em 2011 foi ter chegado aqui, a este seu espaço luminoso. Como estudiosa do Espiritismo, encontrei no seu blog farto material de pesquisa para enriquecer meus estudos e aplicá-los na prática da caridade, como preconizava Kardec. Que Jesus, nosso Mestre, o abençoe no ano de 2012, iluminando sua jornada. E que este seu trabalho fecundo possa ser mais bem aproveitado por aqueles que buscam o Consolador. Um grande abraço, Angela
http://noticiasdacozinha.blogspot.com

Isabelle Bergamin disse...

Feliz Ano Novo!!!!um abraço

Postar um comentário

Leia com atenção

Leia com atenção

Nota de esclarecimento

As imagens contidas neste blog, são retiradas do banco de imagens da rede web.
Agradeço a todos que compartilham na rede tais imagens e até mesmo textos.
Caso haja algum problema de utilização em meu blog de algum material de sua autoria, entre em contato para que eu proceda a retirada.
Luciano Dudu